Projetos e Eventos

Projeto OVNI (Objeto Voador de Natureza Independente)

A crescente demanda por energia elétrica requer a melhoria constante nos processos de
operação e manutenção da infraestrutura necessária para garantia do fornecimento deste
importante insumo. Esse projeto consiste no desenvolvimento de um veículo aéreo não
tripulado (VANT), ou como é popularmente conhecido, Drone, o qual terá como objetivo
supervisionar, de forma autônoma, linhas de transmissão de energia elétrica. A partir da
criação desse protótipo será possível realizar o monitoramento em tempo real do
funcionamento da rede, identificando simultaneamente possíveis pontos de falha na linha
através de um sistema automatizado. As contribuições agregam principalmente indicações
para futuras manutenções, pontos defeituosos, acesso irrestrito a diversas áreas, segurança e
praticidade adquirida com a utilização da placa de prototipagem com um microcontrolador Arduíno.

               

O Mural Interativo objetiva desenvolver um canal para transmissão de dados e informações direcionadas aos estudantes da universidade. Atrelado ao conceito de sustentabilidade, o Mural não realizará a emissão de papel e não utilizará tinta de impressão, contribuindo para redução dos impactos socioambientais gerados. Terá a energia solar como principal fonte de energia e contará com a tecnologia para transmissão a longa distância. Os alunos poderão interagir com o Mural através de um touchpad que será instalado, permitindo o acesso a informações que sejam mais pertinentes aos usuários.

O projeto “Robótica Educacional e seu uso como ferramenta de difusão e popularização da Engenharia no ensino fundamerntal e médio” é uma iniciativa do PET-Elétrica com o apoio da FAPERJ com a proposta de difundir entre alunos dos ensinos médio do Colégio Universitário Geraldo Reis (COLUNI-UFF) noções básicas de robótica, programação e automação, incluindo a participação ativa dos alunos na concepção e resolução de problemas lúdicos utilizando-se como ferramenta os kits de robótica Lego MINDSTORMS NXT 2.0. 

O kit de Robótica Educacional com o qual aprenderemos é o kit 9797 LEGO MINDSTORMS Education NXT Base Set. O kit consiste, além de suas peças, de três servo-motores que fazem o robô se mover, vários sensores que o robô usa para interagir com o ambiente ao seu redor, e do NXT Intelligent Brick (ou somente NXT, visto na fotografia abaixo), considerado o cérebro do robô.

Os modelos permitem  a construção de modelos interativos, com os quais se aprendem conceitos básicos de ciência e de engenharia. Os empregos didáticos abrangem as áreas de:

    • automação
    • controle
    • robótica
    • física
    • matemática
    • programação
    • projetos

Veja exibições do projeto na nossa Galeria!

A Trava Elétrica está sendo desenvolvida para o PET-Elétrica UFF com o intuito de proporcionar praticidade ao acesso dos Petianos como também maior segurança. Com a utilização do hardware de prototipagem livre ARDUINO e de um sensor biométrico a Trava será instalada na porta do laboratório PET-Elétrica, autorizando após leitura digital dos dados pré-cadastrados a entrada dos seus integrantes sem o uso de chaves. Ideal para os casos de perda ou esquecimento de chaves, mobilidade, modernidade e também registro da entrada e saída dos seus membros e demais pessoas envolvidas no laboratório.

O projeto S.C.H.E.M.A – Central Inteligente de Gestão de Energia e Automação tem como finalidade o controle de dispositivos conectados na rede de uma residência, de tal forma a verificar o consumo de energia dos mesmos além de protegê-los, realizando uma análise de qualidade de energia.

O controle dos equipamentos será feito, também, através de plataformas mobile que informarão o usuário sobre quais dispositivos estão conectados, os seus respectivos consumos assim como a possibilidade de desligá-los remotamente.

Atualmente, o projeto está na fase de testes das medições de energia, averiguando a veracidade dos dados medidos utilizando o ARDUÍNO como leitor e processador destas informações.

O projeto consiste no desenvolvimento de um arranjo sustentável com um painel fotovoltaico para carga de baterias de celulares. Em conjunto será desenvolvido um sistema de supervisão para monitoramento das diversas grandezas relacionadas ao painel, incluindo sensoriamento e armazenagem de dados, utilizando o hardware de prototipagem livre ARDUINO.
O PETSTOP estará à disposição da universidade como um posto de carga de baterias de aparelhos celulares através do uso de um sistema fotovoltaico fixo, construído predominantemente por materiais reciclados e de baixo custo e hardware de prototipagem livre.
Dessa forma, atrelando pesquisa e extensão, a energia solar é promovida no ambiente acadêmico, de forma a incentivar seu uso e conhecimento.

Reunião semanal para estudo e realização de atividades práticas de Arduino e outros microcontroladores ministrada pelos petianos.

O Arduino é uma plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre, projetada com um microcontrolador de placa única, com suporte de entrada/saída embutido e linguagem de programação padrão. O objetivo do projeto então é explorar os recursos da plataforma e assim, proporcionar um fácil aprendizado por iniciantes em eletrônica.

O  projeto Café com Arduino já contou com o apoio do Prof. John Reed do Instituto de Computação da UFF e com a participação de membros dos PETs de Engenharia Mecânica e Engenharia de Telecomunicações da UFF. Todas as reuniões foram registradas por um redator estão disponíveis abaixo:

O Projeto “Panorama dos cursos de graduação em engenharia elétrica no Brasil: estado atual e perspectivas para o curso de graduação em engenharia elétrica da UFF” dedica-se a dizer quais os rumos que o ensino de graduação em Engenharia Elétrica vêm tomando no país. Com o uso de ferramentas estatísticas do Excel e Google Docs, além do banco de dados do site do Ministério da Educação, o E-MEC, será realizada pelo PET-Elétrica uma pesquisa estatística nas IES (Instituições de Ensino Superior) de todo o Brasil sobre como o ensino de Engenharia Elétrica é aplicado, sob diversos parâmetros.

O objetivo final é a preparação de um artigo acadêmico discorrendo sobre os pontos observados na pesquisa, que além de servir como meio de divulgação do projeto, também irá embasar e suplementar a vindoura reforma curricular do curso de Engenharia Elétrica da UFF.

O projeto é dividido em três grandes etapas, tendo previsão de término em 2013:

  • Levantamento das grades curriculares dos cursos de graduação em Engenharia Elétrica do Brasil, tendo por objetivo a identificação de tendências em termos de disciplinas oferecidas e habilitações ofertadas;
  • Identificação de tendências do mercado de trabalho em Engenharia Elétrica no Brasil;
  • Indicação de alternativas futuras para o curso de graduação em Engenharia Elétrica da UFF, etapa que condensará os resultados obtidos nas pesquisas realizadas nas etapas anteriores tendo por objetivo a indicação de alternativas futuras para o curso de graduação em Engenharia Elétrica.

O projeto Cidade Inteligente Búzios visa à construção da primeira cidade inteligente da América Latina, localizada em Búzios, município da Região dos Lagos do Rio de Janeiro. A análise deste caso real possibilitará a obtenção de informações para o desenvolvimento de projetos para expansão do conceito de Smart City em outras regiões do Brasil e da América Latina e contribuirá também para avaliar a integração de novas fontes alternativas de energia às redes de distribuição existentes. A participação do PET-Elétrica consiste em produzir a Memória Técnica, documento onde estarão relatados todas as etapas e detalhes do projeto.

O projeto consiste no desenvolvimento de um sistema de posicionamento automático de um painel fotovoltaico visando aumentar sua eficiência no processo de geração de energia elétrica ao longo do dia. Em conjunto com o sistema de posicionamento, será desenvolvido um sistema de supervisão para monitoramento remoto das diversas grandezas relacionadas ao painel, incluindo as etapas de sensoriamento, comunicação de dados e desenvolvimento de aplicativo para armazenagem de dados e visualização. O uso de materiais de baixo custo e de plataformas livres constitui um dos princípios norteadores do projeto, e neste sentido, será utilizado o hardware de prototipagem livre ARDUINO em conjunto com ambiente para desenvolvimento de aplicativos para o sistema operacional ANDROID viabilizando a utilização do sistema de supervisão em celulares e tablets.

Artigos Publicados:

SBSE_Girassol

O projeto tem por objetivo a construção do protótipo de uma rede elétrica inteligente em escala reduzida, integrando fontes de energias renováveis à rede elétrica convencional, incluindo o controle digital da energia elétrica gerada. O desenvolvimento das atividades do projeto viabilizará uma série de atividades de pesquisa, ensino e extensão, incluindo a pesquisa sobre o princípio de funcionamento, o controle e gerenciamento de suas grandezas, a disseminação deste conhecimento através do oferecimento de minicursos e a divulgação da energia limpa para a sociedade civil através da apresentação do protótipo desenvolvido em palestras e seminários.

O Sistema de Iluminação Sustentável (SIS)  é uma proposta de inserir e tornar mais presente a energia solar fotovoltaica no cotidiano da sociedade. A ideia é proporcionar uma alternativa à utilização da energia elétrica ao utilizar a energia solar como geradora de eletricidade. O projeto visa a alimentação das lâmpadas residenciais, com incentivo à utilização do tipo LED, devido a iluminação representar cerca de 5 a 10 % do valor da conta de luz atualmente e um total de 20 % da energia consumida no mundo. Assim, com baixo custo, a iniciativa ajudaria a economizar, ter melhor aproveitamento energético e viabilizar o acesso aos cidadãos que ainda não possuem energia elétrica em suas residências de forma sustentável.

Endereço

Campus da Praia Vermelha - R. Passo da Pátria, 156, Bloco E, sala 422B - São Domingos, Niterói - RJ, 24210-240

Email

peteletricauff@gmail.com

Translate »
Skip to content